Arquivo

domingo, 24 de fevereiro de 2013

EU SOU ESPÍRITA!!!




   Graças a Deus os tempos das fogueiras inquisitoriais passaram, se não perderíamos Lima Duarte, Paula Fernandes, Nicete Bruno, Caio Blat e tantos outros famosos e anônimos que ajudam a construir um mundo melhor.

   Entra século e sai século, assumi o domínio esta ou aquela religião e a sede de sangue e de carnificina em nome de "Deus" ainda permanece nos "únicos e detentores da verdade" de todos os tempos (e bote tempo nisso...). Que verdade é essa que se usa de violência para defendê-la? Com certeza não é a que Jesus exemplificou e nos deixou como legado divino a nortear nossas ações, pois qual parte do "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo" não está clara o suficiente?

   Nestes casos mas uma vez é o humano demasiadamente humano a se sobrepor a essência divina do "eu". Ainda bem que cada vez mais pessoas afastam-se desses comportamentos aproximando-se da divindade que carregamos em nós mesmos! De diferentes religiões ou mesmo sem elas diga-se de passagem.

   O que aconteceu com Paula Fernandes e ganhou projeção nacional, é o que acontece no cotidiano de todo aquele que afirma ser Espírita. Mártires sem cova de leões, sem circos romanos, sem fogueiras, sem calvários... mas que não deixam de conviver com a voracidade, o ódio, a sede de sangue de outrora. O espírita não pede para ser mártir, mas se assim o tornam, que seja!!!



   Eu sou espírita!!!
Edí Carlos R. de Oliveira

6 comentários:

  1. Concordo caro amigo Edí Carlos...
    O espírita não é "santo" e nem detentor da verdade. É antes de tudo, alguém que busca "conhecer-se", e a partir disso "transformar-se"...
    Claro que essa transformação não é "do dia para noite", mas, sobretudo, uma tentativa diária de ser um indíviduo melhor para consigo e para com o próximo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida minha jovem Taty a santidade não é o objetivo imediato, mas para mim você delineou muito bem o caminho para ela... Conhecer e transformar-se no trabalho diário de nossa existência.

      Excluir
  2. Nossa Edi Carlos me emocinei muito pois, realmente é um absurdo o que aconteceu com a Paula Fernandes. É tão dificil respeitar o proximo... parece que sim
    Eu sou Espirita e ja sofri muito pela escolha e não entendo o porque a minha escolha encomoda tanto as pessoas.
    Eu aprendi e aprendo a respeita e a não emanar ao proximo. Enquanto eles...
    Adorei e obrigada pela reportagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Paty, li hoje uma frase de Humberto de Campos, que penso ser oportuna. "As árvores ressequidas e estéreis jamais recebem pedradas. Não tem fruto que tente os que passam... Avancemos corajosos no trabalho Cristão". A Seara Espírita nos proporciona um potencial enorme de semeadura do bem. Um dia também nós observamos alguém nesse semear e aprendemos com ele, não menos sem jogar pedras! Semeemos, isso já basta, a nós, a eles, a todos... Muita paz!!!

      Excluir
  3. Expressar que somos espíritas é muito profundo, já que o mesmo é aquele que nos primeiros contatos com a "DE", inicia um processo de transformação moral, domando inclinações toscas e buscando reviver o evangelho do mestre reescrito pelas belas almas, que ontem foram igais a nós, e hoje riscam os céus de amor e esperança para trazer consolação e bem aventuranças aos que vão herdar esta terra.
    CENTRO ESPÍRITA CAMINHO DE JESUS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida ser Espírita é redirecionar suas atitudes visando sempre o bem comum. Obrigado por sua visita meu amigo!!! Muita paz.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Agradeço a visita